NEWS

Comunicação e Integração das Mídias em entidades associativas

Integração de mídias e comunicação eficiente são vitais para entidades associativas

Mesa formada por José Luchetti, Fernando Cascardo e Mônica Eliza Sâmia trouxe a tona as mudanças globais da comunicação
Comunicar, mas como trabalhar de forma eficaz os meios de comunicação nas Associações?  Um dos temas mais esperados pelos diretores, executivos e associados no COGEA foi explanado por uma bancada de peso formada por José Luchetti, Fernando Cascardo e Mônica Eliza Sâmia.
A primeira parte das palestras apresentada por Cascardo trouxe à tona a importância de globalizar as mídias e não as separas. Como lidar com a invasão das mídias ‘on-line’ sem perder o conteúdo precioso das mídias ‘off-line’.
Segundo Cascardo “O que vivemos é uma grande convergência digital. Existe a ‘era antes internet’ e a era pós internet’, hoje vivemos uma era de imediatismo e pressa no processamento das informações. Vivemos uma grande explosão de conteúdos“.
Um dos pontos mais detalhados da palestra, foi o peso do empoderamento do consumidor que está mais conectado e que não podemos descartar a influência dos 3 pilares:
  • As redes sociais (facebook, Instagram, LinkedIn),
  • Provedores de serviços (amazon, etc.)
  • Acessos a tecnologia do autoatendimento.
Na sequência, Mônica Eliza da Braztoa, explicou a relevância da associação para o turismo nacional e internacional, como ele está dividido e o que ele movimentou no impacto econômico, mais de R$ 10,80 Bilhões de Reais com venda de viagens nacionais mais os gastos extras dos turistas nos destinos.
Segundo Mônica, no setor de turismo 52 setores estão interligados, por isso a cadeia é tão complexa. “Hoje é muito importante conhecer o cenário para identificar as oportunidades. A conclusão que chegamos é que todas as soluções que temos hoje, amanhã podem não funcionar e a mudança que ocorre no Mundo não é uma marolinha, é um tsunami de informações.” concluiu.
A importância da comunicação está focada em descobrir o novo consumidor e ver o que ele pode trazer de benéfico para a Associação. A comunicação mudou, temos que tomar cuidado da forma como hoje as associações se comunicam, se fizer algo errado, pode colocar todo um trabalho em risco.
Para finalizar a sua palestra, rica em conteúdo que em breve será compartilhado em nossas redes sociais, podemos resumir que hoje tem que se fazer mais e melhor com menos e ao mesmo tempo”.